Breakfast at Tiffanys


Corintiana
agosto 31, 2010, 9:25 pm
Filed under: Sem-categoria

Cem anos de Corinthians e eu vou confessar uma verdade. Não nasci corintiana. Ao contrário do que se prega, que corintiano já nasce assim, eu virei alvinegra na adolescência.

O que eu era não vem ao caso. Basta entender que era para agradar a mãe. Mas não tinha como desviar a rota. Eu tinha que ser corintiana. Tinha.

E não foi por influência de ninguém – o garoto que eu gostava era palmeirense. E só conheci o marido, meu parceiro de sofrimento,  muito tempo  depois. É que eu tinha que ser corintiana. Nada fazia mais sentido nesta vida de engodo, do que me tornar um daquelas eternamente ridicularizada – ou seria invejada – sofredora que vive a vida demorando horrores para ter o gosto de uma conquista. Mal interpretada, a maloqueira de gênio ruim,  brava ou barraqueira. Fato é que só corintiano entende o preço de viver com dificuldade para tudo.

Nada que lembro foi fácil na vida. Nem no amor, no trabalho, nas finanças, na busca da sanidade ou do sossego na própria casa. Até nascer foi um parto de forceps, literalmente. Coisas pequenas podem ser inexplicavelmente complicadas pra mim.

Tudo veio no grito, no esperneio, na insistência, após um número até irritante de tentativas. E com sofrimento. Então vai se foder todo mundo que me julga. E quem julga minha nação.

Enquanto meio mundo soltava fogos comemorando nossa queda na Libertadores, rindo como idiotas de algo que é maior do que eles, eu chorava no quintal. E aquilo era emblemático de como foi a minha vida e a história do Corinthians. De tanta torcida contra, de tanta tentativa falha, de muita desilusão.

Engana quem pensa que centernada é uma piada. É mais uma maneira de fortalecer o mito do time que nasceu de operários, foi saco de pancada por muito tempo e virou uma nação. Do jejum de títulos, do rebaixamento e da constante tentativa de vencer esta porra de Libertadores – que nada mais é do que uma copinha sulamericana meia boca (ainda se fosse a Eurocopa) – mas que virou questão de honra, cada dificuldade aumenta uma força  que só quem é corintiano sabe o que é.

E enquanto muitos riem, nós nos levantamos muitas e muitas vezes.

Aqui é Corinthians, porra!!!!!!!!!!

Anúncios

5 Comentários so far
Deixe um comentário

Oi Ka, Aquela brincadeira foi feita num blog de moda que visito. A moça começou o blog numa brincadeira, uma séria brincadeira. Ela é uma batalhadora e foi por isso que cheguei ao seu blog. (Na verdade, ela tem 3 blogs: Para Francisco, Hoje eu vou assim (o de moda) e Amor e Ponto.) Gosto da história dela e jeito que escreve. Beijocas brancas e pretas prô cê!

Comentário por luciana

Bacana seu jeito apaixonado pelo corinthians. Nunca consegui me sentir nem perto disso, por time algum. Nem na fase de paixão por um palmeirense. Ele era titular do time, eu torcia por ele, mas acabava ali.

Comentário por picida ribeiro

Ka, que depoimento legal e emocionante sobre sua paixão pelo Corinthians. Ok, que uma botafoguense como eu se identificou na parte do tudo é muito difícil e sempre sendo ridicularizada. Sofro isso e muito aqui.
Mas dane-se todo mundo! Só quem ama sabe o quanto tudo isso dói.
Beijos

P.S.: Ahhh, eu fiquei curiosa para saber que time você era antes… hahaha

P.S.2: Tá difícil do meu Fogão encostar em vocês, hein! Vou te contar…. hahaha

Comentário por Mari

Picida, eu também… Tenho meu Fluminense querido, com seus altos e baixos, e vamos que vamos…

Beijocas, Ka!

Comentário por Selma Barcellos

Ka, parabéns pelo centenário do Timão!
Nunca fui fã de futebol, mas me lembro dos anos de jejum do Corinthians (quantos anos mesmo?)e de quando a maldição acabou. A alegria dos torcedores era contagiante.
Eu era Flamengo. Mas sem compromisso.
Beijos.

Comentário por lucy in the sky




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: