Breakfast at Tiffanys


Don Diego
junho 17, 2010, 5:58 pm
Filed under: Sem-categoria

Eu curto o Maradona. #prontofalei

Não, não fico dia e noite pensando em temas polêmicos para blogar. Mas acaba sendo inevitvel – muito pela minha personalidade – não expor opiniões que têm potencial enorme de render pedrada.

É sério. Acho o cara uma figura divertidíssima, carismática, autêntica. E de talento extraordinário, claro.  Se foi ao inferno e voltou por conta própria, não me importa. Cada um com seus problemas.

O legal mesmo é quando alguem vai ao inferno e volta inteiro – ou quase. Tenho até obsessão com a fênix, a ave mitológica que renasce das cinzas. Acho totalmente motivador acompanhar reviravoltas pessoais. Gente que faz merda, mas não se desculpa e segue em frente.

Lembro que Maradona quase morreu um dia. Lembro quando foi pego no antidoping usando cocaína. Na época, eu era ainda um pouco influenciada pela “brasilidade” que considera odiar argentinos o ápice do civismo e achei bem-feito.

Mas vi o cara voltar do inferno tantas vezes que passei admirá-lo. E quanto mais me livrava do patriotismo preconceituoso contra os argentinos, mais gostava de Don Diego.

Aí o cara assume a seleção do país e quase fica fora da Copa. É pela primeira vez questionado no próprio país, além de ser piada mundial por suas inúmeras características mundanas tão peculiares.

Bem como acontece com os corinthianos, com quem tudo é difícil, sofrido, no último instante, leva o time para vitória num jogo com todos os ingredientes de um tango.

E cá está ele. Ou melhor, lá. Na África do Sul, que é logo ali, né….com todo carisma, fazendo o Messi jogar bem pela seleção pela primeira vez, e sendo uma atração à parte em todos os jogos. A Argentina pode até perder a Copa, sair nas oitavas, mas Dieguito vai continuar sobrevivendo. E voltando do inferno quantas vezes precisar.

Ah – deixando a bobagem pseudo cívica de lado – tem como não gostar do cara?

Anúncios

8 Comentários so far
Deixe um comentário

Ká!

Olha, tenho que falar, entre torcer pra o brasil e pra a argentina, brasil na veia, mas o cara tem meu reconhecimento e admiração também, realmente nunca vi ninguém se ferrar tanto e se safar tanto kkk.

Ah, e admito: ele tá um coroa charmoso, ficou melhor de barba, mesmo que tenha sido pra esconder a cicatriz da mordida do cachorro.

Beijos

Comentário por Elayne

ok! Só que peladito, noooooo! rs

Comentário por luciana

dieguito maradona el rei del futbol de una geracion que encantou el mundo.con sus dribles magicos,su hablidad fue o mejor de su geracion.no se conpara
un nem outro,cada uno em su geracion.pena que diego se perdio e quedo tan cedo…o conoci en europa en un juego social para os ninos del mundo.dieguito arriba

Comentário por LUIZ CHARBEL DO GUARUJÁ

diego maradona un gran abrazo de su amigo luizinho charbel ex atleta como tu e actualmente director de deportes da isla de guarujá,mucho sucesso para ustedes..sucesso arriba en su trabajo e quando volver para guarujá hace contacto .

Comentário por LUIZ CHARBEL DO GUARUJÁ

Impliquei muito com Maradona, achava arrogante.
Mas tmbem gosto de quem dá a volta por cima e nisso ele é especialista

Comentário por picida ribeiro

Também gosto do Maradona! Visto minha camisa da Argentina e não gosto de generalizar as coisas/pessoas. Nem todo paulista é marrento, nem todo gaúcho é grosso! Maradona errou? E quem se ferrou? Quem sou eu pra julgar, quem são os outros? Provocador de elite, trouxa quem cai nas provocações dele e fica magoado, eu só me divirto… Parabéns pelo blog! Achei sem querer, procurando alguma coisa sobre bichos, sei lá, e parei aqui. Desde então não deixo de visitá-lo. Um abraço, Kit.

Comentário por Kit

Ka, também admiro pessoas que foram ao inferno e voltaram, inteiras ou quase inteiras.
E admiro muito o povo argentino por sua cultura e seu patriotismo. Coisa que faz muita falta por cá… Patriotismo aqui só em tempos de Copa do Mundo.
Aproveito para dizer que seu blog está na minha lista de favoritos. Lista bem pequena por sinal…
Beijos.

Comentário por lucy in the sky

Ka, acho divertidíssimo essa briga entre brasileiros e argentinos no futebol. Faz parte. É Botafogo e Flamengo. Corinthians e São Paulo. Mas não gosto do Maradona.

Não gosto da eterna necessidade dele se comparar com o Pelé (que também não gosto). Mas me incomodo muito com pessoas que precisam provar que são melhores que as outras.

Também não vou discutir sobre o talento dele. Mas sou careta: não tenho como ídolos pessoas que quase se matam por causa das drogas. Se ele é cantor, ator ou qualquer coisa, ele seria apenas um idiota por se drogar tanto. Mas um atleta fazer o que ele fez é ser suicida.

Ok, isso não é problema meu. Só não entra na minha cabeça um cara como esse ser visto como Deus entre os argentinos.

Comentário por Mari




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: