Breakfast at Tiffanys


Uma vida em suas mãos
outubro 31, 2008, 4:29 pm
Filed under: Não vivo sem bicho | Tags:

Companhia para todas as horas, animais de estimação necessitam de cuidados e atenção.

Conviver com uma mascote é uma experiência repleta de aprendizado e alegrias. A interação pode ser altamente benéfica, combatendo estresse, depressão e outros males. Porém, o relacionamento é uma troca e requer uma série de responsabilidades com os pets, que precisam de atenção e cuidados.
Pesquisas recentes comprovam que a convivência favorece mente e corpo. Segundo estudo do British Journal da Royal Society of Medicine, ao adquirir um cão ou gato o dono reclama com menos freqüência de pequenos problemas de saúde e desfruta de melhor qualidade de vida. “A troca de energia é muito benéfica e compensadora”, reforça o veterinário Dr. Claudio Ruy dos Reis.
Muitos serão os momentos e alegria e o laço afetivo pode estreitar as relações familiares, mas o ciclo de vida mais curto dos bichinhos reserva uma lição: “Acompanhamos seu envelhecimento e morte, aprendendo que as perdas fazem parte da vida”, completa Dr. Claudio.
Para que seu companheiro tenha uma vida digna é preciso estar consciente das obrigações e praticar a Posse Responsável. A atitude inicia pela escolha: cães demandam mais atenção e não gostam de ficar sozinhos, podendo ter distúrbios comportamentais nestas circunstâncias; enquanto gatos se adaptam melhor ao estilo de vida de quem passa muito tempo fora de casa.
Se a opção for por um cãozinho, uma pesquisa é fundamental para definir qual melhor raça, considerando a finalidade e o espaço disponível: “Não se pode, por exemplo, criar um São Bernardo em um apartamento ou exigir que um Dálmata seja cão de guarda”, explica o veterinário, lembrando que cães sem raça definida são também uma boa alternativa, pois geralmente podem ser facilmente treinados e se adaptam a diferentes ambientes e situações.
A posse de animais silvestres sem registro do Ibama é proibida por desencadear desequilíbrio ambiental, além de ser muito prejudicial para o bichinho. O veterinário também desaconselha adquirir pássaros e hamsters: “O animal viverá confinado, é uma judiação”.
Responsabilidades
Embora seja tentador presentear uma criança com uma mascote, os cuidados serão sempre responsabilidade do adulto, que deve supervisionar de perto as brincadeiras para evitar acidentes. Uma mordida ou arranhada pode traumatizar a criança e gerar o abandono do pet.
Escolhido o amigo, é preciso considerar os cuidados com alimentação, banhos, castração, vermifugação, vacinas e consultas periódicas. Demandando tempo e dinheiro, devem ser seguidos à risca para evitar doenças à família, ao animal e proporcionar uma convivência prazerosa. “Ter um animal é adquirir uma vida muito importante que merece ser bem preservada, pois lhe trará grandes alegrias”, adverte Dr. Claudio.

Antes de adquirir um animal, pondere bem todas estas questões:

· A vontade de ter uma mascote não é um impulso momentâneo? É importante deixar a emoção de lado, pois você não poderá desligar e guardar o animal no fundo do armário.
· Converse com os familiares e descubra se o animal será bem visto por todos da casa. Muitas vezes o maior tempo de convívio e os cuidados podem ficar justamente para quem não é muito simpático à causa.
· Cães e gatos vivem em média 12 anos, mas alguns ultrapassam bem esta expectativa. Como nós, eles envelhecem, ficam doentes, às vezes cegos ou têm dificuldades de locomoção e é obrigação do dono cuidar de seus pets nestas condições.
· Não se esqueça que durante as viagens da família o bichinho precisará de cuidados. Será necessário ter um parente ou amigo que se disponha a ajudar ou então hospedá-lo em um hotelzinho de confiança.
· É preciso muita pesquisa e conversa com outros proprietários e criadores para escolher a melhor raça para seu estilo de vida. Animais de grande porte precisam de espaço e não podem ser criados em um apartamento ou em uma lavanderia! E mesmo os pequenos requerem atenção e exercícios. Todos os dias ele precisará de algumas horas de dedicação.
· Faça as contas dos gastos com boa alimentação, consultas veterinárias, vacinas e vermifugação, controle antipulgas, banhos, tosa (se necessário) para saber se poderá arcar com todas as despesas. Não existe serviço público de saúde para os animais!
Abandono é considerado maus-tratos pelo artigo 32 da Lei de Crimes Ambientais nº 9.605/1998 e a punição prevista varia de três meses a um ano de detenção.

Anúncios

7 Comentários so far
Deixe um comentário

Olá amada…

A pessoa que tem um pouquinho de amor a um bicho por conscientização sabe muito bem o que deve ou nao fazer.

Algum tempo uma amiga estava a me contar: Ela tinha um vizinha, que comprou um desses micro poodle e deu pra sua filha, o bichinho caiu,.. deu um proble e eu sei que eles tiveram que amputar a perninha dele, o que aconteceu, eles nao queriam mais o bicho e iam largar na rua, ai essa minha amiga pegou o cachorrinho pra ela..

Tem gente que quer bicho por status!…

Eu sempre tive cachorro, qdo criança, meu pai não aceitava nem gato nem cadela, exatamente pq ele tinha medo de dar cria.. e ele nao queria ter que largar os bichinhos, essa era uma condição em casa..

Hoje eu tenho um gato, exatamente por questao de espaço.. amo cachorro, mas nao queria ver um bichinho sofrendo em um cubilo..

Ja sei o que meu gato sofreu, qdo tivemos que ficar em um ap.. ele andava subindo pelas paredes..e fora que muito bravo..hj eu aguento os ignorantes do meu vizinho, mas ao menos ele tem algum “matinho” pra ir a noite.

*eu queria poder mudar o mundo*

Beijoss amiga, bom final de semana!

Comentário por Lucí

Essa pena está muito pequena e além do mais sabemos que as autoridades não se importam muito com os maus tratos aos animais.
Olhando meu gatinho todo tronxo dormindo no sofá fico me perguntando como poderiam fazer mal a um ser tao doce e inocente.

Eu digo por mim mesma sobre olance do stress, meu companheiro geralmente eh meu gato.
Incrível a nossa relação! Quando estou tomando banho ele vai pra a porta do banheiro e fica olhando por baixo e miando.
Tenho a tal viajem de três dias e jáestou pensando nele… amo demais, por mim ele não morreria nunca.

beijos Ká

Comentário por Elayne

Holly, ou Ká, queridonaaaaaaaaaaa!
🙂
Tô passando aqui correndinho p deixar um oi, quando der eu volto com calma (ando atrapalhada com o novo lay do blog). Enfim…
^.^
Bjos*** nesse coração lindo!!!

Comentário por Tatyan

Acho triste saber que as autoridades não levam a serio a violência contra os animais… Gostaria muito que isso mudasse quem sabe assim essas pessoas cruéis não pensariam um pouquinho mais antes de maltratar animais apenas por diversão!
Triste!!!
Animais merecem respeito e precisam de amor e carinho…
Impressionante como é comum as pessoas pegarem/comprar filhotes levarem pra casa ficarem um dia, no dia seguinte já tentam devolver nas lojas, soltarem nas ruas… Alguns chegam a alegar que “não consegui ficar com o filhote, pois ele chorava muito”… Não entendem que qualquer criança tirada da mãe vai chorar, assim também é o cachorro… ate ele se acostumar com o novo ambiente ele vai chorar, ai entra o bom senso, se não esta disposto a cuidar NÃO PEGUE!!!
Queria muito poder mudar tudo isso…
Beijão

Comentário por Patty

Fiquei muito feliz em encontrar o Claudio Ruy dos Reis!!
É uma pessoa muito maravilhosa que conheci há muitos anos,primeiro por carta, depois em pessoa, em Paranaguá.
Quero parabenizá-lo pela matéria e mandar um abraço meu e
outro de Claudio seu companheiro de quartel. Mande-nos
notícias. maice@zipmail.com.br

Comentário por maria alice - paranagua

Adorei está página os cachorros são lindos,
tenho uma cachorra srd que é minha companheira
há aproximadamente 9 anos, somo muito amigas e
espero que ela viva mais uns dez anos.
Gostaria que se possível eu recebesse alguns
emails de voces falando mais sobre dogs srd.
Um abraço, Judith

Comentário por judith

Olá,

Gostei muito de seu Post, pois define bem a situação.

Quer Criar um Hamster e Não Sabe Como Fazer?

Simples, Veja Este Material Que Ensina Passo-a-Passso os Cuidades Necessários Para Manter Seu Animal Sempre Feliz e Saudável!!!

Entre em Nosso Site:

http://www.comocuidardehamster.vai.la//

APROVEITE NOSSA PROMOÇÃO E NOSSA GARANTIA DE SATISFAÇÃO!!!

Comentário por Coleen




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: