Breakfast at Tiffanys


Sabe o que é o máximo?
agosto 25, 2008, 9:43 pm
Filed under: Sessão Descarrego
É agir sem demagogia e hipocrisia e saber falar: eu não gostei disto. Ou não vou fazer aquilo.
Porque só passando a vida a limpo, a gente consegue descobrir o que se perdeu. E evita acumular uma série de bagagens que só vão pesar na sua alma.
Mesmo que esta opção te obrigue a ver graves fraquezas em quem não gostaria que as tivesse.  E que te afaste de quem não consegue ser emocionalmente sadio.
Jogue fora seus lixos emocionais e não deixe te jogarem culpas que não são suas.
Cada um com seus problemas.

 

Este blog está se tornando cada dia mais confessional do que eu gostaria….

Anúncios

7 Comentários so far
Deixe um comentário

Oi Holly!

Você está num momento em que muitos blogueiros passam: estou íntima demais. Mas como Rubem Braga disse para Clarice Lispector: “É impossível, na crônica, deixar de ser pessoal”.
Seu post foi perfeito. Não tem porque se incomodar com isso! Foi verdadeiro, honesto e isso também é o máximo. 😉

Li seu post interior e concordei com quase tudo: ao contrário de você quero ser mãe. Não para ser uma mulher completa, mas sim para ter alguém “meu”. Alguém que eu dê a minha vida pela dela.
Entretanto concordo com todo o resto!!! Me identifiquei muito mesmo.

Beijão

Comentário por Mari

Holly, queridona, vc deixou um grande aprendizado p mim em mais esse texto. Refleti… Essa sua frase resume tudo com maestria: “jogue fora seus lixos emocionais”.
🙂
Acho q mais cedo ou mais tarde todos nós blogueiros acabamos confessando mto mais q pretendemos (até os mais comedidos).
^.^
Uma semana massa p vc (sem demagogia 😛 )!

PS: sobre o texto anterior eu concordo c vc. Garanto q ser mãe é maravilhoso =D e pode ser sem dor sim. Foi assim cmg. Na verdade eu só soube q tava tendo contrações pq mainha insistiu p falar c minha médica, pois eu ñ tava sentindo nada. E o parto normal, mas eu tava tãããããããão anestesiada q ñ senti nadinha de dor (eu tava de certa forma tranquila). O vídeo ñ me deixa mentir.
+ bjos p vc lindona!!!

Comentário por Tatyan

Errata:
PS: sobre o texto anterior eu concordo c vc. Mas garanto q ser mãe é maravilhoso =D e pode ser sem dor sim…

Comentário por Tatyan

OLá!Adorei o post. Às vezes sentimos necessidade de falar sobre nossos sentimemtos.Por que não? Acho que esta é uma forma de desabafo. Bjos e tudo de bom!

Comentário por Clécia

Olá Holly, obrigado pela meiguice, rs
Engraçado como tua frase se encaixa seriamente no que eu tô sentindo nesse momento e não conseguia definir;
“Jogue fora seus lixos emocionais”, é disso que estamos falando.
Obrigado pela ajuda, isso veio bem a calhar.
Ter uma personalidade nunca matou ninguem.
Essa frase serve pra mim tbm, rs
Beijos

Comentário por Youko Watanabe

Holly, ñ sei se vai dar em alguma coisa… Ou melhor, sei sim, ñ vai dar em nada. Já era!
😛
Ahhhhhhhhhhhhhhh… É um carinho diferente sabe?!
🙂
Mas q lindo seu amor!!!
Raro e lindo!!!
^.^
Bjos*** no coração!!!
Mil bjos!!!!!!

Comentário por Tatyan

Oi Ka,

Quantas vezes ainda insistimos em viver com lixos que não nos servem mais? Há um certo apego a eles, que nem sempre percebemos e vivenciamos inúmeras vezes situações que já passaram, mas que insistimos em trazer prá perto…

Isso quando os outros querem doar-nos suas emas, e o louco é que algumas nós aceitamos! Coisa de doido!!!

Ema, ema, ema, cada um com os seus problemas, rs

Muito profundo o seu texto. Confesso que voltei aqui muitas vezes e o reli e em cada uma delas despertou diferentes consciências.

Um beijo minha amiga!

Lu

Comentário por LU




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: